Escândalo!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

João Grandino Rodas, atual reitor da USP e ex-diretor da Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), transferiu, em seu último dia como diretor da faculdade, praticamente a totalidade da biblioteca histórica da São Francisco para um prédio anexo, sem consultar nenhum conselho da faculdade e em condições absolutamente degradantes.

Encaixotados e empilhados às pressas, foram transferidos para um novo espaço que não tem as mínimas condições para abrigá-los: o prédio possui infiltrações (ocorreu um vazamento recentemente), ratos, baratas, pombos e (OBVIAMENTE!) não tem nem sequer um alvará de funcionamento.

A arbitrariedade do envio de um dos MAIORES ACERVOS JURÍDICOS DO PAÍS para esse novo prédio deu origem à paralização e mobilização dos estudantes. Agora vejam: O Ministério Público Federal deu ORDEM para que o acervo retornasse ao seu local de origem. O Diretor da unidade Acatou. Quando uma parte das caixas chegou, o vice-diretor da unidade, Paulo Borba Casella, passou por cima da ordem judicial e da ordem do Diretor e 'mandou' que as caixas fossem novamente levadas para o prédio anexo. Nisso, está tudo paralisado: o acervo está entre ratos e a chuva, mal encaixotado, transportado sem supervisão e dependendo de decisões de várias pessoas.

Lamentável. Estou em busca de novas informações, e atualizo isso aqui em breve.

1 comment

Laura Pimentel disse...

A ideia é essa... e isso não é inerente somente à USP, infelizmente... mas as vozes que não se calam são minoria.

19 de maio de 2010 11:25

Postar um comentário